MC Urubuzinho recebe ameaças de morte após confirmar show em réveillon: “Se eu tivesse medo de morrer nem nascia”, disse ele

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Homens armados com submetralhadora gravaram um vídeo fazendo ameaças ao funkeiro, que confirmou a realização do show na virada do ano.

MC Urubuzinho, do Rio de Janeiro, se manifestou nas suas redes sociais após receber ameaças de morte de criminosos fortemente armados. As ameaças foram gravadas em um vídeo e compartilhadas em redes sociais. A motivação seria porque o MC marcou um show para acontecer na festa de Réveillon, em Fortaleza (CE).

No vídeo, alguns homens aparecem com uma submetralhadora e ao fundo, uma voz masculina faz as ameaças. “Pega a visão, vamos matar o Urubuzinho. […] O Urubuzinho vai tocar aí, é? Olha aí para ele”, diz o homem mostrando a arma.

Após a ampla divulgação dos vídeos, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o policiamento preventivo e ostensivo já está sendo no bairro com o objetivo de coibir ações criminosos naquela região.

Mandou recado

Diante de toda a polêmica entorno da apresentação, o MC mandou um recado para os fãs: “Passando para confirmar que o baile do ano novo está certo. O policiamento do evento está ok, a casa de show o alvará está ok, o som também está ok e o MC também está OK. Conto com vocês aí, rapaziada de Fortaleza, o Ceará pode vir em peso. Esse bagulho de ameaça: ‘ah, vou pegar fulano’, ‘vou fazer’, ‘vai acontecer’. Meu amigo, se eu tivesse medo de viver, eu nem nascia. [..] Tá tudo certo. No evento vai ter policiamento na entrada. Pode vir, pode convocar a família”, disse MC Urubuzinho.

https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html Elias Quaresma Teodoro, o MC Urubuzinho, começou a cantar funk em 2017 e tem mais de 120 mil seguidores no Instagram. Uma de suas músicas tem mais de 2 milhões de visualizações no YouTube. O artista também conta com quase 60 mil inscritos em seu canal na plataforma.

Leia Também