Indígena amazonense viraliza no TikTok ao mostrar cultura e costumes em aldeia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Maíra Tatuyo já tem mais de seis milhões de seguidores nas redes sociais e mais de 80 milhões de likes do TikTok

A indígena Maíra Tatuyo, de 22 anos, viralizou no TikTok ao mostrar a cultura e a rotina diária de sua comunidade, localizada na margem do Rio Negro, em Manaus. Ela já ultrapassou a marca de 6 milhões de seguidores nas redes sociais.

Maíra começou a gravar vídeos para redes sociais em 2020, quando sua aldeia parou de receber visitantes devido ao isolamento social devido à pandemia de Covid-19.

Entre as publicações da cunhã-poranga (no idioma tupi, “cunhã poranga” significa “mulher bonita”), como é conhecida nas redes, estão vídeos da culinária exótica da comunidade, que inclui larvas e formigas, ferramentas usadas no preparo da farinha de mandioca, danças à margem do rio, e mais.

Os vídeos postado pela jovem indígena conquistaram mais de 80 milhões de likes no Tik Tok, mostrando como o mundo tem curiosidades sobre os costumes indígenas. A fama chegou tão longe que ela ganhou uma reportagem no jornal americano The Washington Post.

Na comunidade Tatuyo, Maíra é a mais velha de seis irmãos. Mas não é só a cunhã-poranga que faz sucesso nas redes sociais: o pai e os irmãos também estão presentes.

Entre os irmãos estão Dickson Tatuyo, que conta com 53 mil seguidores, a irmã mais nova, Karina, tem 49 mil seguidores, e também tem o pai, cacique Piño, que é fundador da comunidade e tem 12,5 mil seguidores.

Leia Também