Com aluguel de imóvel atrasado, Justiça penhora dízimos da igreja de Valdemiro Santiago

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Mais um escândalo para a igreja do apostolo Valdomiro Santiago, dessa vez, a Justiça de São Paulo determinou a penhora de 25% do faturamento da Igreja Mundial do Poder de Deus. A justificativa? O dono dos imóveis onde os templos ficam está cobrando valores de alugueis atrasados.

A decisão foi tomada pela juíza Ana Cláudia Guimarães e Souza e o proprietário de um imóvel cobra uma dívida de cerca de R$ 117 mil em aluguéis da igreja.

Conforme a apuração do colunista Rogério Gentile, da UOL, a juíza autorizou, inclusive, que a penhora seja realizada durante os cultos, após o recolhimento dos dízimos. Um administrador judicial foi nomeado para garantir o cumprimento da medida até que o valor da dívida seja alcançado. Ele terá, segundo a decisão, poderes também para fiscalizar a movimentação financeira diária da Mundial.

Leia Também