Publicidade

Empresário se diz arrependido após matar a ex e o namorado dela em Carnaval em Coari

Facebook
Twitter
WhatsApp

Em depoimento à Polícia Civil, o empresário e dono de farmácia Reginaldo de Almeida Rego, de 49 anos, disse que estava arrependido de ter assassinado a tiros a ex-companheira, Adriana Silva, 22, e o namorado dela, o funcionário público Fabrício Aguiar Soares, de 35 anos. Ele não aceitava o fim do relacionamento.

ADVERTISEMENT

O crime ocorreu na madrugada deste domingo (12) em Coari (distante 363 quilômetros de Manaus), em um bloco de Carnaval na rua Independência, no Centro da cidade no município. Além das vítimas, o pai de Fabrício levou uma coronhada e levou um tiro ao tentar defender o filho.

Reginaldo tinha ainda planejado fugir para Roraima. Segundo a polícia, ele treina tiros, tem posse de arma e tinha planejado o crime. Ele foi preso com um revólver calibre 38, uma pistola 380 e um colete balístico.

O relacionamento tinha acabado há mais de dois meses, mas Reginaldo ainda não aceitava o fim e por isso planejou acabar com a vida dos dois. Ele foi autuado em flagrante por feminicídio, homicídio, tentativa de homicídio e lesão corporal.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!