Em Manicoré, Wilson reúne 7 mil pessoas e anuncia internet para comunidades da zona rural do AM

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O candidato à reeleição pelo União Brasil, governador do Amazonas Wilson Lima, esteve em Manicoré na noite de ontem, 2 de setembro, para reafirmar compromissos com a população do município (a 332 quilômetros de Manaus). Ele também anunciou ações para um novo mandato, como a oferta de internet gratuita em 30 comunidades rurais e a instalação de portos flutuantes no interior.

Wilson foi recebido por uma carreata, fez caminhada com a população e, em seguida, um comício que reuniu cerca de 7 mil pessoas. Ele foi acompanhando por candidatos a cargos proporcionais da coligação Aqui é Trabalho!, que reúne o União Brasil e outros nove partidos.

Ao falar para a população, o governador destacou entregas já feitas ao município, como a instalação de uma usina de oxigênio medicinal no hospital da cidade. Ressaltou, ainda, parcerias com a prefeitura para o asfaltamento de diversas ruas e para instalação de iluminação pública em LED, que oferece maior luminosidade e consome menos energia.

Ao anunciar projetos futuros, Wilson afirmou que vai instalar portos flutuantes em comunidades rurais do estado; Democracia e Cachoeirinha, em Manicoré, estão entre as que serão contempladas com as estruturas.

“Eu vou colocar internet de graça nas 30 principais comunidades do Amazonas, incluindo a comunidade de Santo Antônio do Matupi, lá vai ter internet de graça, de qualidade. O compromisso que eu assumo, eu cumpro. Essa é a diferença entre mim e eles, porque eles prometeram e não cumpriram. Tiveram tempo, dinheiro e apoio político”, disse o governador.

O prefeito de Manicoré, Lúcio Flávio, destacou a capacidade de Wilson de agregar todas as lideranças para levar benefícios para a população. “Hoje o senhor se transforma no maior governador do estado do Amazonas, que está aqui unindo todas as forças para trabalhar pelo nosso município. Para Governo do Estado, 44, Wilson Lima”, disse.

Além das lideranças, a população também aprova o jeito de Wilson governar. “É um governador novo, uma nova política em que ele tem investido muito no interior, através da iluminação de LED, do asfaltamento, da parte social. Hoje eu voto no Wilson e vou dar uma nova oportunidade para ele. Manicoré é Wilson Lima, 44”, disse Angelino Barbosa, 35, auxiliar administrativo.

“O governador Wilson Lima merece ser reeleito em virtude do bom trabalho que tem feito à frente do Governo do Estado, porque é comprometido com o bem público e tem firmado um compromisso com o município de Manicoré e para a nossa população, que tanto carece dos benefícios que ele tem enviado”, Dayan Farias, 41, tabelião.

Investimentos
O governo Wilson já destinou R$ 10,7 milhões para recuperação de parte do sistema viário do município. Obras estão em andamento nos bairros 11 de Maio, Mazarello II e Conjunto Newton Cabral.

Na área social, Wilson inaugurou em Manicoré um restaurante popular Prato Cheio, que serve 8 mil refeições ao mês para quem mais precisa. Até 2018 eram sete unidades, todas na capital; agora são 44, incluindo o interior, de forma inédita. Além disso, 3.155 famílias do município recebem o Auxílio Estadual permanente, um programa que injeta R$ 473 mil por mês na economia local.

Somente na revitalização de escolas, Wilson destinou R$ 3 milhões para melhorias de oito unidades educacionais da cidade, além de ter pago o maior abono Fundeb aos profissionais da educação, de até R$ 37,8 mil. Também foram entregues fardamento e material escolar para 5.447 alunos das escolas estaduais de Manicoré; e os 473 professores receberam material pedagógico.

O investimento na área da saúde alcançou a cifra de R$ 33 milhões. O montante foi repassado à prefeitura para o pagamento de pessoal, aquisição de medicamentos e equipamentos para o hospital da cidade.

Foram destinados R$ 550 mil para incentivar a produção rural em Manicoré, priorizando a agricultura familiar. O total de 1.193 produtores foi alcançado com a entrega de kits da agricultura familiar, implementos agrícolas. Foram adquiridas 172 toneladas de alimentos de produtores rurais, que foram doados a famílias em situação de pobreza.

Para gerar renda, foram liberados mais R$ 8,8 milhões em crédito da Afeam, que ajudaram a manter ou criar 2.598 ocupações econômicas na cidade.

Fotos: Diego Peres

Leia Também