Em depoimento, dono de Hilux disse que foi o filho que atropelou mulher e que ele se apresentará

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O suspeito de atropelar e matar uma mulher na parada de ônibus, nesta segunda-feira (26), seria filho do dono da Hilux preta, envolvida no acidente. A informação foi confirmada nesta terça-feira (27) pela Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito (DEAT), para uma emissora de Manaus.

Após a morte trágica da vítima, que teve o crânio fraturado, vários vídeos e imagens do carro foram divulgadas a fim de identificar o condutor. O proprietário esteve ainda na segunda-feira com um advogado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde o caso foi registrado, e foi ouvido pela polícia onde afirmou ser apenas o dono da Hilux.

Nesta terça-feira, a DEAT confirmou que a autoria do crime está definida, mas não condiz com a do proprietário do carro conforme cadastro do Detran. “Ele disse que era o filho dele que dirigia no momento do acidente. A informação é de que ele (o filho) se apresentaria amanhã (28), fora do período do flagrante”, explicou o delegado Temistocles Alencar, da especializada, que agora atuará no caso.

Leia Também