Em Anori, polícia prende homem que armou emboscada para o primo, e o matou com um tiro na testa

Facebook
Twitter
WhatsApp

Um homem de 26 anos, foi preso nesta quinta-feira (21), por envolvimento na morte do próprio primo, que tinha 32 anos, com um disparo de arma de fogo na testa. O crime ocorreu no domingo (17/09), por volta das 22h, no bairro Manoel Carlos, em Anori (a 195 quilômetros de Manaus).

ADVERTISEMENT

Vídeo forte mostra moradores ‘pescando’ cadáver em fossa no Amazonas

Segundo o investigador Utarciso Rodrigues, gestor da 79ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), a vítima foi morta com um tiro na testa após ir até a casa do autor. O homem armou uma emboscada, com a ajuda de um outro comparsa, que está sendo investigado.

“Na data do crime, uma equipe policial foi acionada por denúncias anônimas, informando que na casa do infrator havia sido efetuado um disparo de arma de fogo. Com base nisso, os policiais foram ao endereço e encontraram manchas de sangue no fundo do quintal e no muro, além de um cartucho de espingarda calibre 16”, explicou Utarciso.

Conforme o gestor, no dia seguinte, o corpo da vítima foi localizado dentro de uma fossa, na residência do indivíduo, com uma perfuração na testa causada por arma de fogo. Nesse mesmo dia, policiais receberam denúncias de que o autor havia escondido a arma do crime embaixo de um banco nas proximidades, e foram ao local onde encontraram uma arma caseira calibre 16, municiada com cartucho intacto.

“Os autores do crime foram identificados após depoimento de testemunhas, sendo assim, foi representada à Justiça pela prisão de ambos. A motivação do delito ainda não está esclarecida, mas as investigações seguem em andamento”, disse o investigador.

O autor responderá por homicídio qualificado, e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!