Eita: Justiça pede prisão de Shakira e Neymar por fraude e corrupção

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Os Ministérios Públicos de Barcelona e da Espanha pediram a prisão de Shakira e Neymar Jr., respectivamente, nesta sexta-feira (29). A cantora colombiana pode pegar 8 anos e o jogador de futebol brasileiro, dois anos. A ex-mulher de Piqué é acusada de fraudar 14,5 milhões de euros do Tesouro espanhol entre 2012 e 2014. Neymar é acusado por fraude e corrupção em sua contratação pelo FC Barcelona.

Segundo informações da agência de notícias AFP, a sentença de Shakira foi decretada após ela se recusar a fazer um acordo com o MP, na última quarta-feira (20). A cantora se declara inocente.

O caso corre na Justiça desde 2017, quando Shakira já morava na Espanha com seu então marido, Gerard Piqué. Na ocasião, ela ainda não estaria regularizada como moradora do país. Segundo os documentos, a artista teria registros de domicílio nas Bahamas, lugar apontado como “paraíso fiscal”.

Já o pedido de prisão de Neymar é sobre sua contratação pelo FC Barcelona. O caso é analisado a partir de uma denúncia do grupo brasileiro DIS, ex-proprietário de parte dos direitos sobre o jogador e acusação particular neste caso, que foi considerado prejudicado na transferência do atual atacante do PSG para o Barcelona.

Leia Também