Estudante é desclassificado da prova do Enem após alarme do celular tocar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um estudante de 16 anos foi retirado da sala em que fazia o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em uma universidade em Goiânia. Segundo o adolescente, o alarme do celular dele tocou e ele foi desclassificado.

“Já sabia que não ia valer, estava fazendo para treinar, mas queria ver o meu desempenho. Estou decepcionado e chateado”, lamenta.

O jovem contou que está no 1º ano do ensino médio e ia realizar a prova como forma de preparo para as próximas. Ele relata que conseguiu apenas resolver nove questões de linguística antes de sair. 

Cerca de 130 mil alunos devem fazer o primeiro dia de prova do Enem em Goiás. O número é 38% menor do que a última edição. Deverão ser cumpridas medidas para evitar transmissão da Covid-19, como o uso de máscara.

Leia Também