Eduardo Bolsonaro vira piada após dizer que foi ao Qatar entregar ‘uns pendrives’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A ida do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) ao Catar para a Copa do Mundo deixou muito patriota revoltado e desapontado, principalmente aqueles que têm ficado dia e noite enfrentando sol e chuva tentando anular as eleições de 2022.

Eduardo foi flagrado pelas câmeras da Fifa ao lado da esposa, Heloísa Bolsonaro, curtindo a vitória do Brasil sobre a Suíça nessa segunda-feira (28).

Tentando se explicar, o deputado publicou um vídeo dizendo que a viagem ao país árabe tinha sido para levar pendrives com conteúdos que ‘mostram a situação’ do Brasil.

Claro que a afirmação gerou memes e piadas nas redes sociais, já que, atualmente, é possível armazenar e compartilhar qualquer arquivo, de qualquer formato, de qualquer lugar do mundo, sem necessariamente atravessar o oceano com um pendrive.

“Em pleno 2022, ano da Copa, e as pessoas ainda usam Pendrive?”, afirma um perfil no twitter.

“Carlos Bolsonaro é encontrado no Catar vendendo pendrive com 500 músicas, só as melhores do forró”, brinca um usuário.

Apesar de ser, no mínimo curiosa, a afirmação pode sim convencer muita gente de que o ‘Bananinha’ não foi ao Qatar assistir aos jogos. Inclusive, na agenda oficial do candidato, constava uma reunião oficial enquanto ele estava no Qatar curtindo a Copa do Mundo.

Leia Também