Éder Militão processa ex-namorada por ‘ataques à sua personalidade’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O jogador do Real Madrid, Éder Militão, entrou com uma liminar em caráter de Tutela de Urgência contra a influenciadora Karoline Lima, com quem tem uma filha, para que ela não crie publicações ou conteúdos que o depreciem. Segundo o jogador, ele estava “sofrendo abusos e agressões à sua personalidade” na web, principalmente pelo Instagram.

Tudo porque o ex-casal se separou logo após o nascimento da bebê, supostamente por causa de uma traição do jogador, e os comentários bombaram na internet. O atleta disse que as importunações vêm, em grande parte, de Karoline, que com a intenção de sujar a imagem do zagueiro, usa seu perfil para disparar comentários contra ele, incentivando seguidores a buscarem pelos perfis de Éder nas redes sociais, apenas para perturbá-lo e ofendê-lo. 

A Tutela de Urgência, no entanto, foi indeferida. A Justiça decidiu que não ficou comprovado que a influenciadora agiu com o intuito de prejudicar a conduta de terceiros, assim como não seria possível relacionar os atos dela com os comentários veiculados. 

Por ser uma figura pública, o jogador do Real Madrid mostra-se bem incomodado com a situação e queria que a influenciadora excluísse todas as postagens que fez relacionadas a ele, além de pedir a condenação de R$ 45 mil por danos morais. No entanto, a justiça verificou que não havia nada direcionado ao nome dele, mas sim por terceiros e não pela influenciadora.

Leia Também