Petrobras desmente fala de Bolsonaro sobre redução no preço dos combustíveis

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Segundo a estatal, a Petrobras não antecipa decisões de reajuste e até o momento nenhuma foi tomada sobre o assunto.

Após o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmar em entrevista ao site Poder360 que a Petrobrás iria fazer uma redução no preço dos combustíveis durante esta semana, a estatal negou a informação anunciada pelo líder do executivo e disse que “não há nenhuma decisão tomada” sobre o assunto.

“A Petrobras monitora continuamente os mercados, o que compreende, dentre outros procedimentos, a análise diária do comportamento de nossos preços relativamente às cotações internacionais. A Petrobras não antecipa decisões de reajuste e reforça que não há nenhuma decisão tomada por seu Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) que ainda não tenha sido anunciada ao mercado”, informou a estatal, em comunicado.

A nota foi uma resposta às expectativa de mudanças nos preços de combustíveis nas refinarias, depois das falas de Bolsonaro neste domingo (5).

 “A Petrobras começa nesta semana a anunciar redução no preço do combustível”, disse Bolsonaro na entrevista, no domingo (5). “A Petrobras começa, esta semana, já a anunciar redução do preço do combustível. O que eles [prefeitos] têm alegado, que eu tenho ouvido eles reclamarem, é que com o aumento do combustível aumenta o preço da passagem. Agora, seria bom que eles procurassem os governadores”, disse o chefe do Executivo federal. “Até porque quando o brent cai, essa coisa é automática, não é bola de cristal”, disse o presidente em entrevista.

Veja a nota da Petrobras:

Leia Também