Dupla é baleada e criminosos invadem hospital de Manacapuru para ‘terminar’ o serviço

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O Hospital Lázaro Reis, do município de Manacapuru (cerca de 93 quilômetros de Manaus), foi invadido por cerca de cinco criminosos armados na madrugada desta sexta-feira (25). Eles quiseram “terminar” o serviço iniciado mais cedo, quando dispararam tiros em Fábio Barbosa de Souza, o “FB da Feira”, e Ericsson da Costa Vieira, o “Xote”, ambos de 42 anos, que foram internados.

De acordo com a polícia, por volta das 19h de quinta-feira (24) o bando invadiu a casa de Fábio e acertaram oito tiros nele. Ericsson também estava no local e foi baleado na perna. Ambos foram socorridos e levados ao hospital.

No entanto, por volta das 3h desta sexta-feira os criminosos resolveram invadir o hospital para matar Fábio de vez. Eles chegaram em um carro Onyx branco e uma motocicleta nos fundos da Maternidade Cecília Cabral, onde renderam o segurança.

Os criminosos conseguiram ter acesso ao hospital e ainda agrediram uma funcionária para que ela dissesse onde estava Fábio. Houve pânico e correria, mas a Polícia Militar foi acionada e os bandidos acabaram fugindo.

Fábio, que já estava baleado, teve uma piora no quadro de saúde e morreu nesta manhã. Ericsson foi transferido para Manaus.

Segundo a Polícia Civil de Manacapuru, ambos possuem envolvimento com o tráfico de drogas, inclusive passagem pela polícia do município, após serem alvos da Operação Solimões sem Fronteira II, deflagrada pela Polícia Civil, em setembro de 2020.

A suspeita é que a invasão tenha relação com acerto de contas por causa do tráfico de drogas. No entanto, ninguém foi identificado e preso. A polícia busca informações e investiga o caso.

Leia Também