Donos de berçário são presos acusados de torturar, morder e estapear crianças

Facebook
Twitter
WhatsApp

A Polícia Civil do Mato Grosso prendeu um casal dono de um berçário nesta sexta-feira (14). Eles são acusados de torturar as crinças de 0 a 5 anos, e ainda ameaçar os pais.

ADVERTISEMENT

M.D.C.D.O.L. e A.L.,de 44 anos, foram presos após a Justiça do Mato Grosso emitir um mandado na cidade de Sorriso. A equipe do Núcleo de Violência Doméstica da Delegacia de Sorriso cuida do caso.

Entre as agressões denunciadas há tapas nas nádegas e na boca, mordidas, puxões, golpes com raquetes, empurrões e beliscões contra as vítimas. A dona disse que estava educando as vítimas.

Ainda havia um “cantinho do pensamento”, corredor escuro onde as vítimas ficam com castigo, por duas horas. A mensalidade no berçário custa  R$ 948,00 por criança.

A delegada Jéssica Assis representou pela prisão preventiva dos investigados, acatada pela 2a Vara Criminal da Comarca de Sorriso.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!