Dois suspeitos por desaparecimento de ex-vocalista da Água Cristalina são presos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A polícia prendeu dois homens que não tiveram a identidade revelada, nesta quarta-feira (31), suspeitos no desaparecimento do cantor Armando Lessa, de 26 anos, que sumiu na última sexta-feira (26) durante viagem de barco com destino ao município de São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus), onde faria um evento.

A dupla foi presa no município e a lancha que eles estavam supostamente com Armando, ex-vocalista da banda Água Cristalina, será periciada por agentes do Departamento de Polícia Técnico Científica (DPTC). Não foi informado o motivo do desaparecimento.

De acordo com informações da família do cantor, ele saiu de Manaus por volta das 14h, numa lancha fretada pelo que pai e os passageiros eram funcionários do pai e amigos do prefeito de São Gabriel da Cachoeira. Ele e o pai atuariam em um evento no município.

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) segue com as buscas que estão concentradas no município de Santa Isabel do Rio Negro (a 630 quilômetros a noroeste de Manaus) desde a última segunda-feira (29), com apoio da Defesa Civil e Polícia Civil.

Leia Também