Publicidade

DJ Maluco, preso por agredir a tia e baleado pela PM, volta às redes tocando o terror e pedindo dinheiro

Facebook
Twitter
WhatsApp

Alexandre Marçal de Freitas, de 28 anos, o “DJ Maluco”, voltou a usar as redes sociais nesta sexta-feira (9) e mostrou que está respondendo pelos maus-tratos contra a tia de 70 anos em liberdade. Visivelmente alterado, ele chamou a idosa de “escrota”, mostrou o ferimento na perna, quando foi baleado pela polícia no dia 2 deste mês, e também pediu dinheiro.

ADVERTISEMENT

Após desafiar a polícia e os traficantes, ‘motorista doidão’ é baleado em Manaus

O homem foi preso na rua Curitiba, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul. Ele teria tentado fugir e acabou baleado. Alexandre tem problemas com o uso de entorpecentes e supostamente teria problemas psiquiátricos.

‘Desculpa a todos os policiais’, diz ‘DJ Maluco’ após zombar da PM e deixar a tia de 70 anos em cárcere privado

Nos stories, ele voltou a demonstrar comportamento agressivo nesta sexta-feira. “Ainda bem que vocês estão vendo o que eu tô passando. Não quero que ninguém tenha pena de mim não, eu quero é que tenha raiva desses merdas do c@ralh0 que meteram bala em mim e dessa tia escrota. Tô torcendo pra que o fim chegue logo, nem que seja o meu ou o dela”, disse ele, que aparentava estar fumando algum cigarro.

O DJ ainda pede dinheiro para comprar comida para ele e a cachorra, e também oferece o serviço de DJ para tocar em festas. Alex diz ainda que queria ir para uma festa de música eletrônica neste final de semana e que em último caso pediria dinheiro justamente para a tia, vítima de maus-tratos.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!
Verified by MonsterInsights