Deputado Mamãe Falei pede desculpas por chamar ucranianas de ‘fáceis’, mas pode ser cassado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu (SP), abriu investigação contra o deputado Arthur do Val (Podemos), o Mamãe Falei, após vazamento de áudios nos quais ele chama as mulheres ucranianas de ‘fáceis porque são pobres’.

Em nota, a presidente do Podemos chamou de “gravíssimas e inaceitáveis” as declarações. “Não se resumem ao completo desrespeito à mulher, seja ucraniana ou de qualquer outro País, mas de violações profundas relacionadas a questões humanitárias, em um momento em que esse povo enfrenta os horrores da guerra”, disse.

A namorada dele anunciou o término do relacionamento. “Gostaria de deixar claro que seguiremos caminhos distintos. Infelizmente a vida é imprevisível e muitas vezes nos leva por caminhos que não compreendemos”, escreveu.

Mamãe Falei tentou se desculpar, mas ficou ruim pra ele. “Se as pessoas quiserem me julgar têm esse direito. Peço só que entendam o contexto, são dois contextos diferentes — uma coisa é o Arthur que foi lá, fez a missão e saiu. Outra coisa é o Arthur que já tinha saído e mandou um áudio num grupo privado para os amigos dele, de forma errada, descabida, não foi a melhor das posturas, é nítido aquilo, mas como te falei, é um áudio privado.

Leia Também