Delegado da PF morre ao ser atingido por tiro disparado por colega durante operação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O delegado da Polícia Federal Roberto Moreira da Silva Filho, de 35 anos, morreu na madrugada deste sábado (27) em Aripuanã, no Mato Grosso. O agente participava de uma operação numa terra indígena quando foi atingido por um tiro disparado por um outro policial.

De acordo com a PF, durante o disparo a bala teria ricocheteado e atingido o delegado. Ele estava com os colegas abordando um caminhão, mas o motorista avançou sobre os agentes e eles dispararam tiros. Com isso, o agente policial acabou atingido.

Em nota, a PF lamentou a morte do delegado e esclareceu que os fatos estão sendo apurados. “Os fatos estão sendo apurados pela equipe de plantão da SR/PF/MT, com apoio da DPF/SIC/MT. Presto as mais profundas condolências à família e aos amigos do estimado colega, que tanto engrandeceu a Polícia Federal com sua dedicação e companheirismo”, diz a nota.

Roberto estava na Polícia Federal desde 2020 e trabalhava na delegacia de crimes ambientais. Natural de Brasília, o delegado estava há cerca de um ano e meio em Mato Grosso.

Leia Também