Delegada prende professor por estupro de alunas de 10 e 12 anos no Amazonas

Facebook
Twitter
WhatsApp

Um professor de inglês de 29 anos foi preso, na manhã desta sexta-feira (10), em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), por estupro de vulnerável praticado contra suas alunas, de 10 e 12 anos. O professor tinha também outros dois processos por assédio sexual, tendo como vítimas outras alunas, que, na época dos fatos, eram maiores de 14 anos.

ADVERTISEMENT

A prisão do professor aconteceu na Estrada Odovaldo Novo, Parque da Exposição. Conforme a delegada Marna de Miranda, titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Parintins, as investigações iniciaram neste mês, quando a unidade especializada foi notificada por um ofício, por meio do Conselho Tutelar de Parintins, que encaminhou as vítimas para a delegacia.

“Ao tomar conhecimento do caso, buscamos pelas meninas e, em depoimento, elas relataram que teriam sido vítimas de estupro com atos libidinosos, ocorridos entre novembro e dezembro de 2022. Em seguida, realizamos os procedimentos em conjunto com a Assistência Social e Psicologia em decorrência da infração”, explicou a delegada.

O professor responderá por estupro de vulnerável e ficará à disposição do Poder Judiciário. “Representamos pela prisão preventiva em desfavor do infrator e pela busca e apreensão na residência dele, para investigar se ele tem envolvimento com pornografia infantil devido ao seu histórico. Apreendemos um notebook, um computador e o aparelho celular do homem, e enviaremos para análise”, disse a titular.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!