Veterinários ativistas da causa animal são executados dentro de clínica, na zona Norte de Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Um dos veterinários, o "Mauro Animalesco", foi candidato a vereador em 2020 e obteve mais de 3 mil votos, sendo destaque dentro do partido.

Dois médicos veterinários foram executados a tiros dentro da clínica deles, idenfiticada como ProntoPet, que fica localizada na rua Visconde de Santa Cruz, comunidade Mundo Novo, na zona Norte de Manaus. Eles foram identificados como Mauro Gomes de Souza, de 56 anos, que era conhecido como “Mauro Animalesco” e Isac Ramos. Ambos era ativistas de causas animais. O crime ocorreu por volta das 20h desta sexta-feira (10).

De acordo com testemunhas, as vítimas estavam na recepção da clínica quando os criminosos entraram no local se passando por clientes. Logo em seguida os suspeitos começaram a atirar na direção dos dois médicos, que morreram no local. Outra pessoa que estava no local, identificada como Aldeney Conceição também foi atingida e após ser socorrida, foi encaminhada para uma unidade hospitalar na cidade.

“Mauro Animalesco” foi candidato pelo Avante nas eleições municipais de 2020, ele obteve 3.018 votos e ficou em 9º lugar dentro do partido. 

Após o crime, os criminosos fugiram do local. Logo após o crime, moradores foram ao local e disseram estar chocados com o crime brutal. “Eles trabalhavam mito bem aqui, quando a pessoa não tinha dinheiro, eles atendiam até de graça para salvar os animais”, disse uma moradora do local, que conhecia os veterinários.

Os corpos das vítimas foram recolhidos pelos Instituo Médico Legal (IML). A motivação e autoria do duplo homicídio e tentativa de homicídio serão investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Leia Também