Trabalhador é morto durante assalto a ônibus enquanto retornava para casa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O rapaz era funcionário da Bemol e estava no coletivo retornando para casa quando os bandidos entraram no coletivo vestidos de gari e anunciaram o assalto.

Um jovem trabalhador, identificado como Melquisedeque, foi morto a tiros durante um assalto dentro de um ônibus da linha 444, da empresa Eucatur. O crime ocorreu no início da noite desta quinta-feira (16), na avenida Santos Dumont, no bairro Tarumã, zona Oeste da cidade.

De acordo com informações preliminares, o rapaz, que estava com um crachá da loja Bemol, retornava do trabalho para casa, quando os três criminosos entraram no coletivo armados e anunciaram o assalto, nas proximidades do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Segundo testemunhas, os bandidos estavam vestidos com roupas de gari.

De acordo com testemunhas, Melquesedeque não teria reagido ao roubo. Após entregar o aparelho celular para os bandidos, os criminosos atiraram na direção do rapaz. O tiro atingiu a cabeça do rapaz. A vítima caiu no chão do ônibus e morreu na hora. Após atirarem no rapaz, os três bandidos desceram do coletivo e fugiram a pé pela mata.

Policiais militares da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atenderam a ocorrência, mas até o momento nenhum dos criminosos foi preso. O corpo do trabalhador, que trabalhava na Bemol que fica situada na avenida Torquato Tapajós, foi periciado e, em seguida, removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Muitos assaltos

O motorista do coletivo disse que somente neste trajeto, ele já foi assaltado três vezes. “A gente convive com o perigo diariamente e não vejo nada melhorar”, disse. Desta vez, ele cotou que os bandidos entraram como passageiros e ao anunciarem o assalto ordenaram que o motorista desviasse a rota.

Após o roubo, os criminosos atiraram mais de uma vez. “Eles desceram e eu nem sabia que eles tinham acertado alguém. Só depois que uma passageira me falou que o rapaz tinha sido morto”, revelou o motorista.

Leia Também