Mulher é executada com tiros na nuca em ‘fumódromo’, no São José

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A vítima teria sido sequestrada por três criminosos em um veículo não identificado e levada para o local onde foi executada.

Na tarde desta terça-feira (26), uma mulher, identificada como Gisele de Avelar Silva , de 35 anos, foi executada a tiros em uma área de mata, que fica atrás de um campo conhecido como “Campo do Borracha”, no bairro São José, zona Leste de Manaus.

De acordo com a companheira de Gisele, ela teria sido sequestrada por três criminosos que estavam em um veículo e levada para o campo, onde foi executada. A vítima estava com hematomas nas costas e foi morta com dois tiros na nuca.

De acordo com policial militar da 9ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Aroldo Silva, o local onde a mulher foi assassinada é utilizado por usuários de drogas, que se aproveitam a mata para se esconder e usar drogas. Há menos de uma semana outra pessoa foi morto na mesma localidade.

Segundo a família da vítima, ela não tinha envolvimento com tráfico, porém, somente a Polícia Civil poderá passar mais informações após as investigações sobre a autoria e motivação do crime.

O corpo da mulher foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

O crime ocorreu na tarde desta terça-feira (26) – Foto: Reprodução

Leia Também