Mototaxista é executado com tiros na cabeça em ponto onde trabalhava, na Compensa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Os criminosos já chegaram ao local atirando e após se certificarem que a vítima tinha morrido, fugiram pela avenida Brasil.

O mototaxista Kedson Pedrosa Alves, de 27 anos, foi executado a tiros durante a tarde deste domingo (28), na avenida Oscar Borel, uma das principais vias do bairro Compensa, na zona Oeste de Manaus.

De acordo com testemunhas do crime, Kedson estava no ponto do mototaxi onde trabalhava quando foi surpreendido pelos criminosos que já chegaram ao local atirando, sem dar chance de a vítima tentar se defender. Ele foi atingido com dois tiros na cabeça e um no rosto.

Após o crime, os atiradores fugiram do local a pé, pela avenida Brasil. De acordo com os investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o rapaz já tinha passagem pela polícia pelos crimes de tráfico de drogas e receptação.

Moradores do bairro que conheciam Kedson disseram que ele não era mais envolvido com o tráfico, porém, era usuário de drogas. Uma das linhas de investigação do crime é que a morte dele tenha ligação com acerto de contas com traficantes.

O Corpo dele foi removido e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Mais morte

Esta é segunda morte registrada no bairro Compensa em menos de 24 horas. Na noite desse sábado (27), o jovem Maurício da Cunha, de 21 anos, foi brutalmente assassinado na rua 21 de Junho, durante um forte tiroteio naquela região. A vítima ainda tentou se proteger, mas acabou sendo alvejada e morreu após ser socorrido por familiares.

Leia Também