Mãe que matou filho e jogou corpo no rio o obrigava a escrever frases ofensivas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Uma criança, de apenas sete anos, foi morta pela própria mãe, identificada como Yasmin Rodrigues, de 26 anos. Segundo a polícia, ela dopou o menino e em seguida colocou o corpo dentro de uma mala e jogou no rio Tramandaí, em Porto Alegre.

O crime ocorreu há uma semana e foi a própria mãe quem foi até a polícia relatar sobre o desaparecimento do menino, porém, ao se contradizer diversas vezes, acabou confessando o crime e foi presa.

Segundo a polícia, o menino, identificado como Miguel dos Santos Rodrigues, sofria torturas físicas e psicológicas diariamente pela mãe. Na noite dessa terça (3), uma equipe foi até a casa onde eles moravam e encontrou um caderno onde o pequeno era obrigado a escrever frases ofensivas contra ele mesmo. No local os policiais encontraram também uma corrente, que era utilizada para manter a criança presa.

Desde o dia que a suspeita foi até a delegacia, o Corpo de Bombeiros faz buscas para encontrar o corpo do menino. Porém, por já ter chegado ao sétimo dia, os bombeiros acreditam que o corpo tenha sido levado para o mar.

Leia Também