Ladrão é morto por justiceiro ao ser deixado por comparsa em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Manaus| Na noite de domingo (4), uma tentativa de assalto resultou na morte de um suposto assaltante, após a intervenção de um justiceiro, no bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus.

Era por volta das 20h30, quando Jefferson da Silva Ramos, 26, e um comparsa estavam cometendo roubos na rua Santa Mônica. No momento em que os dois haviam acabado de tomar o celular de uma das vítimas, o justiceiro começou a atirar contra a dupla.

Segundo a 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Jefferson foi atingido com, pelo menos, três tiros. Ele tentou correr, mas foi abandonado pelo parceiro de crime, e caiu no meio da rua, onde ficou agonizando por mais de 10 minutos até a morte.

Segundo o delegado Marcos Arruda, do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), fazer justiça com as próprias mãos é previsto como crime de exercício arbitrário das próprias razões, presente no artigo 345 do CPB.

Leia Também