Detento do semiaberto é executado com mais de 25 tiros, quatro dias após deixar cadeia em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Derick respondia pelos crimes de latrocínio e tráfico de drogas. Ele foi assassinado quando saiu de casa para comprar pão.

O detento do regime semiaberto, Derick Guerreiro dos Santos, de 29 anos, foi executado com mais de 25 tiros durante a manhã desta terça-feira (4), a avenida Batrum, localizada no bairro Tancredo Neves, zona Leste de Manaus.

Conforme os familiares da vítima, Derick tinha saído de casa para comprar pão. Ao ver os atiradores, que estavam em uma motocicleta, ele teria falado com eles e em seguida começou a correr, tentando fugir. No entanto, ele acabou sendo alvejado com diversos tiros efetuados por pistolas e que atingiram principalmente a cabeça dele. O homem morreu na hora.

Logo após o crime, os familiares do rapaz foram até o local do crime e cobriram o corpo dele até a chegada dos peritos criminais. Eles informaram que Derick tinha saído da cadeia há quatro dias. O jovem tinha passagem pelos crimes de tráfico de drogas e latrocínio. No momento do crime ele utilizava tornozeleira eletrônica.

Moradores conhecidos da vítima informaram que a execução de Derick teria sido ordenada por dois traficantes do bairro conhecidos como “Dieguinho” e “Neguinho”. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) já investiga a autoria dos envolvidos e a motivação do crime.

Leia Também