Teve Covid e apresenta sequelas? Veja onde se tratar gratuitamente pelo Projeto RespirAR

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O governador Wilson Lima anunciou, nesta quarta-feira (04), a ampliação do Projeto RespirAR, voltado à reabilitação respiratória, manutenção da saúde e melhoria da qualidade de vida de pessoas acometidas pela Covid-19.

O projeto iniciado na Vila Olímpica de Manaus, agora se expande para unidades da rede de saúde que ofertam atendimento em fisioterapia, além de Centros de Convivência da Família.

Com o RespirAR, as pessoas pela Covid-19 têm acesso à reabilitação cardiopulmonar e física, por meio de sessões de fisioterapia e prática orientada de exercícios físicos.

As sessões serão orientadas por profissionais das áreas de saúde e educação física, que executam o tratamento com atividades voltadas para reexpansão pulmonar e fortalecimento muscular dos pacientes. Ao todo 77 fisioterapeutas, 15 enfermeiros, 24 profissionais de educação física e 48 estagiários estão compondo a equipe, além de oito técnicos de enfermagem, quatro auxiliares administrativos e quatro supervisores.

Locais de atendimento

Os locais de atendimento em fisioterapia serão a Policlínica Colônia Antônio Aleixo, no bairro de mesmo nome, zona leste; a Policlínica Codajás, no Cachoerinha, zona sul; a Policlínica João dos Santos Braga, no bairro Cidade Nova, zona norte; e a Policlínica Gilberto Mestrinho, no Centro; além dos Centros de Atenção ao Idoso (Caimi) Ada Viana, na Compensa, zona oeste, e André Araújo, no Cidade Nova.

A Vila Olímpica de Manaus, localizada no Dom Pedro, zona centro-oeste; e os Centros de Convivência Padre Pedro Vignola, no bairro Cidade Nova; do Idoso, no bairro Aparecida, zona sul; e Magdalena Arce Daou, no bairro de Santo Antônio, zona oeste, também vão ofertar fisioterapia e atividades físicas, como caminhada ao ar livre e na esteira, hidroginástica, alongamento e fortalecimento muscular.

Os atendimentos de fisioterapia nas unidades de saúde e Vila Olímpica de Manaus acontecem das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. Já nos Centros de Convivência os são das 8h às 18h, também de segunda a sexta-feira.

Como ter acesso ao serviço?

1     O paciente é atendido na unidade de saúde e encaminhado e inserido na Cura;

2     O paciente recebe autorização da consulta em fisioterapia em uma das unidades do projeto RespirAR;

3     O fisioterapeuta avalia o paciente e prescreve o melhor tratamento; e

4     A unidade executante define e agenda a quantidade de sessões.

O projeto iniciado na Vila Olímpica de Manaus agora se expande para unidades de saúde – Foto: Diego Peres/ Secom

Leia Também