Intérprete de libras se emociona e chora durante depoimento de órfã da Covid-19 na CPI da Pandemia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O intérprete precisou ser substituído por um colega. Durante a sessão familiares de vítimas da Covid-19 prestarem depoimentos sobre o que viveram na pandemia.

Na última segunda-feira (18) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia ouviu familiares de pessoas acometidas pela Covid-19 e que, infelizmente morreram em decorrência da doença. Os depoimentos foram marcados pela emoção não só dos depoentes, como de todos que estavam presentes na sessão.

E entre os que trabalhavam na transmissão da CPI, um intérprete de libras não segurou a emoção e chorou durante a tradução que fazia ao vivo, do depoimento de uma órfã que perdeu os pais para a Covid-19. Em seguida ele não conseguiu prosseguir e precisou ser substituído por um colega.

O depoimento que ele acompanhava era da jovem Giovanna Gomes Mendes da Silva, de 19 anos. Nele, ela falou das perdas e da força que precisou ter para cuidar da irmã mais nova, de 10 anos de idade.

“Eu, meus pais e minha irmã, nós eramos muito unidos, quem conhece sabe, onde a gente estava, nós estávamos juntos. Então quando meus pais faleceram, a gente perdeu as coisas que a gente mais amava. E eu precisava da minha irmã e ela precisava de mim. Eu me apoiei nela, e ela se apoiou em mim”, revelou a jovem.

Logo em seguida, a jovem interrompeu a fala e pediu desculpas. Desse momento em diante, o intérprete não conseguiu mais acompanhar o relato.

“A partir daí eu pensei que não poderia mais ficar sem ela, assim como ela não poderia ficar sem mim” – finalizou Giovana. Nessa altura do vídeo, um novo intérprete entrou em cena.

No relato, a jovem também descreveu as dificuldades para o tratamento dos pais e o desafio de cuidar da irmã. A mãe era transplantada e fazia hemodiálise. O pai sofria de câncer. 

Leia Também