Falso voluntário de ONG é preso por desviar dinheiro durante crise do oxigênio em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um homem identificado pela Polícia Civil como César Mirabel da Silva, 33, que usava o nome falso de Júlio Cesar Ferrezo foi preso nessa quinta-feira (22), no bairro Santa Etelvina, zona Norte de Manaus. Ele é suspeito de desviar R$100 mil que seria destinado a uma ONG para comprar cilindros de oxigênio para ajudar pacientes com Covid-19.

De acordo com a polícia, o homem pretendia roubar R$ 2 milhões da ONG. “O dinheiro seria revertido para a compra de cilindros de oxigênio no estado. O suspeito criou um nome falso, abriu conta bancária e começou a anunciar por meio de rede social, pedindo para que as pessoas depositassem doações nessa conta, sendo que a conta não fazia parte das listadas pela ONG para receber o dinheiro”, disse o delegado Guilherme Torres, titular da Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (Deccor).

Ainda segundo a polícia, após os desvios o homem passou a ostentar um alto padrão de vida. O homem foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

O suspeito foi indiciado por estelionato e após os procedimentos cabíveis na Especializada, ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Leia Também