Enfermeiro que acalmou paciente com síndrome de down para receber oxigênio é indicado a prêmio nacional

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O amazonense foi indicado a maior premiação concedida pelo Conselho de Enfermagem (Coren).

O enfermeiro amazonense Raimundo Matos, que atua em um hospital no município de Caapitanga (AM) irá receber nesta quarta-feira (19), o prêmio Anna Nery, indicado pelo Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (Coren-AM). Ele ganhou destaque após ter uma foto sua abraçando um paciente com síndrome de down que estava com Covid-19 e precisava se acalmar para receber oxigênio, compartilha em diversas redes sociais.

A imagem não apenas viralizou, mas também emocionou pessoas de todo o Brasil. Na ocasião em que a foto foi feita, Raimundo, que esteve na linha de frente durante todo pico da pandemia no Amazonas, estava com o paciente e ao perceber que ele precisava de um tratamento especial, não teve dúvidas em quebrar todos os protocolos para estabelecer uma relação de confiança.

A atitude humanizada chamou a atenção de todos, tanto dentro quanto fora da área da saúde e mostrou que a enfermagem vai muito além dos cuidados técnicos exercidos pelo profissional.

Raimundo, que trabalha há 19 anos na área da saúde, disse que ficou nervoso com a indicação, mas acima de tudo, sentiu gratidão. “No dia que eu soube que fui indicado pelo Coren-AM para receber a premiação confesso que fiquei um pouco nervoso, só sinto gratidão e agradeço a Deus. Eu ficava imaginando se um dia seria reconhecido pelo meu trabalho, mas não esperava que isso viria da forma como veio; para mim essa premiação é um grande reconhecimento, quase como um ‘Óscar’ da Enfermagem. Para a profissão que eu exerço atualmente que é a Enfermagem, a arte de cuidar é o cuidado com a vida e toda a doação para promovermos um atendimento de qualidade, eu sinto orgulho de poder representar o Amazonas nesse evento, estou muito feliz e honrado por estar vivendo tudo isso e agradeço ao Conselho pela confiança”, declarou Raimundo Matos sobre a indicação.

Uma vida dedicada à saúde

Raimundo é natural de Manacapuru. Em sua vida profissional o enfermeiro tem experiência de 11 anos na área da saúde: Urgência/Emergência, Centro Cirúrgico, Pediatria e Clínica Médica. Programa Saúde da Família; oito anos como Técnico de Enfermagem do Trabalho, atuando em contratadas (Obras Petrobrás) e quatro anos como Enfermeiro do Trabalho.

Já atuou na Bahia, Espírito Santo, Recife, Rio de Janeiro e retornou ao Amazonas há mais de um ano para auxiliar as instituições de saúde na linha de frente no combate à Covid-19. Atualmente, exerce também a função de gestor de uma unidade de saúde do Município de Caapiranga.

Premiação

O prêmio será entregue na noite da próxima quarta-feira (29) durante o 23º Congresso Brasileiro de Enfermagem (CBCENF). O evento será realizado presencialmente em Florianópolis e deve contar com a participação de profissionais de todas as regiões do país.

Leia Também