Corpo de idoso que morreu de Covid-19 é trocado em hospital e enterrado por outra família

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

GOIÂNIA – GO | A família de Aniceto Francisco dos Reis, de 89 anos, que morreu de Covid-19, denuncia que o corpo dele foi trocado pelo o de outro paciente em um hospital de Goiânia. De acordo com os parentes, o idoso foi enterrado por outra família, que ainda não foi identificada. As informações são do G1.

Abalado, o filho do idoso, Adriano Francisco dos Reis, de 54 anos, disse que foi informado pelo hospital da morte do pai na tarde da última terça-feira (27). Ele afirma que, imediatamente, começou os trâmites para o sepultamento. No dia seguinte, ao chegar para fazer o reconhecimento, o corpo do pai dele já não estava no necrotério do hospital.

“A gente está entristecido por causa desse ocorrido. É um problema pelo qual ninguém gostaria de passar após uma perda importante. É muito complicado para a gente. Uma sensação de impotência. O hospital disse que foi uma falha”, relatou o filho.

Adriano contou que ficou esperando por horas até ser informado pelo hospital sobre a troca e que a unidade de saúde o avisou que iria abrir uma investigação interna para apurar a situação. Segundo o advogado da família, Pedro Miranda, posteriormente, o hospital informou que o corpo de Aniceto Francisco havia sido sepultado no dia anterior, por outra família.

A troca de corpos foi registrada na Polícia Civil. O G1 tentou contato com o 1º Distrito Policial, onde foi feito o boletim de ocorrências, para saber o andamento das investigações, mas as ligações não foram atendidas.

O advogado informou ainda que está protocolando uma ação na Justiça na tarde desta quinta-feira para pedir que seja feita uma exumação do corpo, quando souberem onde ele foi enterrado, para que a família tenha o direito de realizar o sepultamento.

Leia Também

error: Conteúdo protegido contra cópia!