Copa América trouxe nova variante do coronavírus para o Brasil

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A realização da Copa América no Brasil trouxe pelo menos uma nova variante do coronavírus para o país. A informação foi confirmada pelo Instituto Adolfo Luiz, que identificou dois casos da variante B.1.621 entre 12 exames realizados.

As variantes foram identificadas no estado do Mato Grosso. Dos 12 sequenciamentos feitos, os outros 10 identificaram a variante gama, aquela que foi encontrada pela primeira vez aqui no estado do Amazonas.

O estado do Mato Grosso hospedou as seleções do Equador e da Colômbia, país onde o tipo B.1.621 foi identificado pela primeira vez. O Instituto Adolfo Lutz avisou o estado do Mato Grosso e o Ministério da Saúde acerca dos resultados.

Até a última terça (6), 168 casos de Covid relacionados à Copa América haviam sido identificados. Destes, o sequenciamento genético (exame para identificar a cepa do vírus) foi realizado em 38, sendo que para 22 o processo já foi concluído e o resultado foi de variante gama.

A descoberta de uma nova variante não é uma surpresa, visto que a chegada de jogadores, comissão e pessoas ligadas a organização do evento ao Brasil representava um risco, e foi um dos motivos para que especialistas e autoridades de saúde criticassem a realização da Copa América em solo brasileiro.

Alguns Estados, inclusive, vetaram a possibilidade de receber partidas do torneio, como São Paulo, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Leia Também