Anvisa autoriza uso emergencial de medicação contra Covid-19

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial de um novo medicamento para tratamento da Covid-19.Em reunião extraordinária nesta quarta-feira (11), a direção da agência reguladora decidiu, por unanimidade, liberar o uso temporário e emergencial, em caráter experimental, do medicamento Regkirona (Regdanvimabe).

A fórmula apresenta eficácia contra as variantes Beta, Gama e Delta.

A empresa Celltrion Group pediu a autorização para o uso do medicamento no Brasil em 12 de maio. Essa é o quarto fármaco a ter a liberação no país e não deve ser administrado em pacientes que estejam fazendo uso de oxigêncio suplementar.

Quem receber o tratamento com o anticorpo deverá esperar 90 dias para ser vacinado contra a Covid-19, já que não existem estudos científicos sobre o uso do remédio combinado com os imunizantes.

Não existem dados sobre a administração do produto em grávidas, lactantes, pacientes com doença hepática moderada ou grave, e pacientes com doença renal grave. Por isso, o uso não é recomendado para esse público.

Ao todo a Anvisa já autorizou o uso de quatro medicamentos para o tratamento da Covid-19. São eles: Remdesivir; a associação de anticorpos monoclonais (casirivimabe +imdevimabe); a associação de anticorpos monoclonais (banlanivimabe + etesevimabe); e agora a Regkirona (Regdanvimabe).

Leia Também