Com orgulho, vulgo ‘Pesadelo’ afirma ter participado de fuzilamento de líder de facção em Manaus

Facebook
Twitter
WhatsApp

Durante a tarde desta quinta-feira (26), vulgo “pesadelo” foi preso com armas e drogas, junto com o comparsa na rua Pará, bairro São José, zona Leste de Manaus.

ADVERTISEMENT

Pesadelo é um dos suspeitos de ter participado do fuzilamento de três detentos dentro de uma viatura da Polícia Civil, em frente ao Fórum Ministro Henock Reis em janeiro de 2022.

De acordo com o Capitão Ary Arnold, da 9° Companhia Interativa Comunitária (Ciom), Pesadelo e o comparsa conhecido como ‘Peixinho’, foram presos após serem flagrados por uma guarnição vendendo drogas na localidade.

“Nós conhecíamos esse vulgo [Pesadelo], por ser um gerente do tráfico no São José, mas essa informação dele estar envolvido naquele atentado contra a viatura da Polícia Civil, em que o ‘Percata’, liderança de facção, foi fuzilado, ele se diz participante. Ele tem esse orgulho de participar de uma ação que repercutiu em nível nacional”, disse o capitão.

Peixinho foi preso com uma espingarda que usava para fazer a segurança do “gerente”, já Pesadelo com um revólver que usava para sua própria segurança. Com eles tammbém foram apreendidas drogas e ambos encaminhados para o 9° DIP.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!