Manaus Moderna volta a funcionar e atender à população a partir desta segunda (2)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Os trabalhadores da feira Manaus Moderna, localizada no Centro de Manaus, retornaram a sede nesta segunda-feira (2), após o local passar por revitalização. O local havia sido fechado devido a cheia histórica que alagou as ruas e feiras do Centro.

Durante o tempo que esteve fechada, os permissionários foram relocados para a feira flutuante. De acordo com o vice-prefeito, Marcos Rotta, o retorno foi programado pela prefeitura. “Depois de usarmos a criatividade do nosso prefeito David Almeida e do querido secretário Renato Júnior, de fazer a primeira feira flutuante do Brasil, que se transformou inclusive em cartão postal, em um ponto turístico, uma atração maior para cidade de Manaus. A Seminf, com a Semacc, trabalhou para recuperar, na feira da Manaus Moderna, os boxes que vendem carne e peixe”, disse Rotta.

Mais de 30 homens da Seminf trabalharam na reestruturação dos setores de carne e pescado na Manaus Moderna. Mais de 200 metros de marombas foram retirados, todo o piso cerâmico, refeito, além da revisão de instalação de toda a rede elétrica. Os trabalhos foram realizados em ritmo de mutirão, durante o dia e à noite, inclusive nos finais de semana.

Há quase três meses, mais de 200 permissionários desses dois setores, os mais afetados pela subida das águas do rio Negro, foram retirados do local e realocados na “Feira Flutuante”, construída pela Prefeitura de Manaus para dar continuidade às vendas e evitar prejuízos aos feirantes. Nesta segunda-feira, os permissionários retornaram ao interior da Feira Manaus Moderna, após a reestruturação do piso, que ficou destruído durante a alagação.

O local passou por reestruturação dos setores de carne e pescado – Foto: Osmar Neto / Seminf

Trabalhadores

O permissionário Fábio Albuquerque, que há dez anos trabalha na venda de temperos, bem próximo aos setores de carne e pescado, disse que também teve a banca alagada e que, com os serviços da prefeitura, o local de trabalho ficou bem melhor. “Vai ajudar muito a gente, os açougueiros e peixeiros também. Estamos na expectativa de que, com esse retorno, nossa feira possa voltar à normalidade”, afirmou o feirante.

Já o permissionário Paulo Sérgio Nascimento, feirante há mais de 30 anos, comentou sobre a reforma do local, que trará diversos benefícios aos feirantes e à população. “Aqui a gente estava, devido à enchente, sem saída. Só podíamos contar com Deus e com o prefeito. O prefeito nos acolheu, olhou para nós, foi uma maravilha a feira flutuante, e a reforma aqui da feira. Toda enchente que teve, nunca teve essa reforma, porque a gente não tinha apoio da prefeitura”, destacou.

Leia Também