Governo do Amazonas define banca do concurso da Segurança Pública

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A Fundação Getúlio Vargas (FGV) será a responsável pela realização do certame, que deve abrir mais de 2,5 mil vagas para a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e SSP-AM.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) definiu a banca organizadora do concurso público dos cinco órgãos do sistema de segurança pública. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) será a responsável pela realização do certame, que deve abrir mais de 2,5 mil vagas para a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e SSP-AM.

Anunciado pelo governador Wilson Lima, o concurso para os órgãos do sistema de segurança do Amazonas é parte das ações de fortalecimento incluídas no programa “Amazonas mais Seguro”.

A FGV apresentou a proposta mais vantajosa para administração, considerando a modalidade melhor técnica e preço. A portaria consta na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), dessa quinta-feira (11/11).

A maioria dos órgãos da segurança não tinha certames para contratação de novos servidores há mais de uma década. É o caso da Polícia Militar, que teve o último concurso em 2011; da Polícia Civil, com o último certame realizado em 2009.

Vagas

Para a Polícia Militar, são 1.000 vagas para aluno soldado e 350 vagas para aluno oficial, com remuneração que varia de R$ de 2.657,28 a R$ a 7.180,34. Para o Corpo de Bombeiros estão destinadas 400 vagas para aluno soldado e outras 53 para aluno oficial, com pagamentos que vão de R$ de 2.657,28 a R$ 7.180,34.

Já para a Polícia Civil serão abertas 62 vagas para delegado, 62 vagas para escrivão, 200 vagas para investigador e 38 vagas para perito. As remunerações variam entre R$ 11.281,26 e R$ 20.449,05.

A SSP-AM terá 140 vagas para assistente operacional e outras 10 vagas para técnico de nível Superior. Os pagamentos vão de R$ de 1.350,19 a R$ 2.764,68.

Leia Também