Chacina na AM-010: Policiais presos suspeitos do crime são transferidos para batalhão da Rocam

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Os 12 policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) que foram presos suspeitos na chacina de quatro pessoas na AM-010, no último dia 21, alegaram estar recebendo ameaças e pediram para serem transferidos. Eles passaram por audiência de custódia neste domingo (25) e devem ser levados para o Batalhão da Rocam, no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus.

De acordo com nota do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), o juiz de direito plantonista das audiências de custódia do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), André Luiz Muquy, determinou que os 12 policiais devem continuar presos, mas serão transferidos devido a ameaça de outros internos contra os PMs.

Anteriormente, os PMs presos estavam no Batalhão que fica no Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus. Eles foram identificados como Anderson Pereira de Souza; Charlys Mayzanyel da Ressurreicao Braga; Charly Mota Fernandes; Diego Bentes Bruce; Dionathan Sarailton de Oliveira Costa; Jose Vandro Carioca Franco; Jonan Costa de Sena; Marcos Miller Jordão dos Santos; Maykon Horara Feitoza Monteiro; Stanrley Ferreira Cavalcante; Tharle Coelho Mendes; e Weverton Lucas Souza de Oliveira.

Leia Também