Publicidade

Cerca de 17 mil moradias populares serão construídas pela Prefeitura

Facebook
Twitter
WhatsApp

O prefeito de Manaus, David Almeida, inaugurou, na tarde desta segunda-feira, 18/9, a sede da Secretaria Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (Semhaf), localizada na avenida Constantino Nery, Chapada, zona Centro-Sul. Na oportunidade, o chefe do Executivo municipal anunciou que, por meio dos programas “Manaus Minha Casa”, “Manaus Legal”, “Sistema Municipal de Habitação (Simhab)” e “Calamidades”, serão construídas cerca de 17 mil moradias para beneficiar famílias de baixa renda da cidade.

ADVERTISEMENT

Durante o evento, que contou com a presença de autoridades políticas do Estado, como o senador Eduardo Braga, David Almeida comemorou a parceria com o senador, uma vez que o político destinou emendas parlamentares para diversas áreas da gestão pública.

“Essa parceria da prefeitura contando com o apoio de senador Eduardo Braga já trouxe, só este ano, mais de R$ 200 milhões aos cofres do município. Esses recursos são muito importantes para a nossa cidade, pois podemos investir em várias áreas como saúde, infraestrutura e habitação. Estamos trabalhando para melhorar a qualidade de vida da população”, disse Almeida, ao destacar os investimentos em habitação. “São aproximadamente 17 mil habitações para a nossa cidade em quatro anos. Isso é muito. É o maior investimento em programa habitacional da história do município. Temos muito a comemorar, tudo isso no dia que inauguramos a nova casa da habitação e da regularização fundiária da cidade de Manaus”, complementou.

O titular da Semhaf, Jesus Alves, vai coordenar a execução dos programas “Manaus Minha Casa”, “Manaus Legal” e do “Sistema Municipal de Habitação (Simhab)”.

No “Manaus Minha Casa”, a prefeitura vai beneficiar 252 famílias construindo unidades habitacionais, com casas sobrepostas. O programa “Manaus Legal” vai alcançar, até dezembro deste ano, cinco mil famílias com a regularização fundiária em núcleos urbanos na cidade.

Já com o Simhab, a prefeitura vai facilitar o acesso da população ao cadastro no programa federal “Minha Casa, Minha Vida” e no “Programa Municipal de Habitação Manaus Minha Casa”. O sistema estará aberto a partir de 25 de setembro. A previsão é que 3 mil unidades por ano sejam ofertadas para a população. Também em parceria com o governo federal, por meio do programa “Calamidades”, serão disponibilizadas 1,2 mil moradias por ano para famílias que estão em áreas de risco.

Para o senador Eduardo Braga, a inauguração da sede da Semhaf e os programas municipais de habitação surgem para combater o déficit existente no Norte do Brasil em relação à moradia. Para ele, essas ações são fundamentais para retirar muitas famílias de áreas de risco da cidade.

“A Secretaria de Habitação está sendo inaugurada no momento muito emblemático no Brasil, depois de alguns anos que a política habitacional foi abandonada pelo Governo Federal, que o projeto ‘Minha Casa, Minha Vida’ foi esquecido junto com a cidade de Manaus e o estado do Amazonas. Todos sofreram muito com a inexistência de um programa nacional que pudesse ajudar a fazer com que o déficit habitacional pudesse ser reduzido principalmente no Norte do Brasil, mas agora Manaus vai viver outra realidade com essa ação da prefeitura”, afirmou Braga.

 

Casa nova

Criado pelo prefeito David Almeida em maio deste ano, a Semhaf ganhou uma sede própria que será fundamental para agilizar a resolução das demandas da sociedade, como destacou o titular da pasta, Jesus Alves.

“Hoje, nós temos a possibilidade e o grande privilégio de inaugurar um estabelecimento muito bem pensado, muito bem elaborado, para atender de maneira digna as pessoas que precisam, para atender de maneira digna o bom cidadão que precisa do serviço que são competentes a nossa pasta”, afirmou Alves.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!