Publicidade

Caso Débora: Ana Júlia, esposa de Gil Romero é presa suspeita de participação no crime

Facebook
Twitter
WhatsApp

Um dia após ter a imagem divulgada pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e ser considerada foragida, Ana Júlia Ribeiro, esposa de Gil Romero, foi presa na manhã desta quinta-feira (10). Segundo a polícia, o paradeiro dela era incerto e desconhecido e ela precisava colaborar com as investigações.

ADVERTISEMENT

Caso Débora: Gil Romero nega ter matado e diz que pagou R$ 500 para ‘Nego’ e comparsa darem ‘corretivo’ em grávida

Ainda de acordo com a DEHS, em coletiva feita na noite de quarta-feira (10), várias contradições foram encontradas em depoimento de Ana Júlia. Logo após o corpo de Débora da Silva Alves, grávida de 8 meses, ser encontrado, a polícia chegou a procurar Ana para um outro depoimento e ela já havia sumido, assim como o marido, Romero.

PC procura mulher de Gil Romero: “Mentiu para a polícia quando prestou depoimento”

O vigilante, inclusive, fugiu para o Pará onde Ana tem família e depois foi preso. Segundo o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, ela foi conivente no crime e sabia.

A DEHS informou que a prisão da mulher é resultado da 3ª fase da Operação Hela, que investiga o feminicídio, e mais detalhes serão repassados ainda hoje em nova coletiva de imprensa.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!
Verified by MonsterInsights