Cacate é preso em Manaus acusado de matar barbeiro que tentou sair da vida do crime

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A Polícia Civil conseguiu prender Ricardo Teixeira de Araújo, vulgo ‘Cacate’, acusado de matar o barbeiro Jackson Moura Fernandes na véspera do Natal de 2021. O suspeito foi preso dentro de um barco no rio Negro. De acordo com as investigações, Jackson foi morto por tentar sair do mundo do crime e viver uma vida normal.

Cacate foi preso tarde da última terça-feira (2), Além de matador, ele é suspeito de comandar uma facção criminosa em Manaus. Segundo a polícia, ele é considerado um criminoso de alta periculosidade.

O suspeito foi conduzido à delegacia, e vai para a audiência de custódia, onde ficará à disposição da Justiça.

Leia Também