Wilson Witzel pede dois anos de proteção à CPI da Covid para contar tudo que sabe sobre Bolsonaro

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, ex-aliado do presidente Bolsonaro, vai prestar um depoimento secreto à CPI da Covid nesta sexta-feira e pediu dois anos de proteção especial para ele, sua esposa e filhos para contar tudo o que sabe sobre ações do do governo federal na pandemia.

O pedido foi feito ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Witzel disse que Flávio Bolsonaro era “o dono dos hospitasi federais” na pandemia e afirma que coisas cabeludos a revelar.

Recebendo a porteção que pediu e que a CPI enviou ao ministério de Damares Alves, Witzel promete fazer um depoimneto bombástico. .  

Leia Também