Vídeo: Com fuzis, criminosos entram em culto e pedem oração antes de serem atacados por rivais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um vídeo de traficantes fortemente armados entrando em um culto numa igreja evangélica na comunidade INPS, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro, viralizou nas redes sociais, nesta terça-feira (5). Nele, um dos criminosos pede “com todo o respeito” para o pastor fazer uma oração no chefe deles.

“Pastor, com todo respeito. ‘Nós’ tá passando uma certa dificuldade aí, os ‘cara’ tão querendo invadir a comunidade, tá entendendo? Aí nós queria uma oração pro nosso chefe aqui, tá entendendo?”, pergunta um dos criminosos, que carrega um fuzil. Com ele, os outros também estão armados e com balaclavas.

“A gente passa maior dificuldade na comunidade, mas ninguém respeita nós no bagulho, tá ligado? Tem como fazer uma oração aí, pastor?”, diz o criminoso.

No fundo, as pessoas gritam “aleluia” e parecem não ter medo da situação. O pastor segura a cabeça do “chefe”, que posteriormente foi identificado como “T-Rex”, um dos principais aliados de Marcos Vinícius dos Santos, o “Chapola”, chefe do tráfico do Morro do Dendê, também na Ilha do Governador, e faz uma oração enquanto os outros fiéis gritam cada vez mais “aleluia”.

O vídeo foi filmado na última quinta-feira (30), mas no final da tarde desta terça-feira (5) a Polícia Civil negou que seja verdadeiro. Segundo nota, se tratava de uma peça teatral. Na internet, muitos disseram que não duvidariam se fosse verdade.

Leia Também