Twitter remove publicações de Silas Malafaia que associa vacinação em crianças a ‘infanticídio’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Após as postagens com afirmações feitas sem comprovação científica, internautas se manifestaram com a hashtag "DerrubaMalafaia".

Após fazer uma série de postagens chamando a vacinação contra Covid-19 de “infanticídio”, o pastor Silas Malafaia teve todas as postagens removidas pelo Twitter na noite dessa segunda-feira (10). A opinião do pastor foi um dos assuntos mais comentados na internet.

Nas postagens Malafaia dizia que não havia motivos para vacinar as crianças contra a doença. As afirmações do pastor foram feitas sem nenhuma comprovação científica. “Vacinar crianças é um verdadeiro infanticídio. Os números provam que não há necessidade de fazer isso”, foi o que ele disse em uma das postagens.

Depois das publicações, internautas se manifestaram pelas redes sociais com a hashtag “DerrubaMalafaia” para pressionar o Twitter a remover as postagens. Na noite dessa segunda-feira, a hashtag chegou ao 1º lugar entre os assuntos na rede.

Após toda a movimentação a rede social removeu as últimas 11 publicações do pastor alegando que as mesmas violavam as regras da plataforma.

Leia Também