TSE libera consulta ao local de votação aos eleitores: veja onde é o seu

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Sabe aquela sensação de que os dias estão voando?  É isso mesmo, o tempo está passando muito rápido e faltam menos de três meses para as Eleições 2022, marcadas para dia 2 de outubro. Cerca de 150 milhões de eleitores voltam às urnas em todo o Brasil para escolher os ocupantes dos cargos de deputado federal, deputado estadual (ou distrital), senador, governador e presidente da República. 

Se a expectativa é grande para votar, o melhor é se adiantar e já confirmar o local de votação pelo aplicativo e-Título, para verificar a seção e a zona eleitoral. O app do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra o local de votação e, por meio de ferramentas de geolocalização, guia o usuário até a seção eleitoral. Mais do que isso, o aplicativo ainda oferece a possibilidade de justificar a ausência às urnas, caso não consiga comparecer para votar.  

Para este ano, o aplicativo tem uma nova versão com muitas informações e novas facilidades. Lançado em 2018, o e-Título transformou a vida do eleitor ao permitir o acesso rápido e fácil à Justiça Eleitoral (JE) via celular ou tablet. Mais do que um aplicativo para a obtenção da via digital do título, que substitui o documento em papel e dispensa a impressão de uma segunda via, o app funciona como uma central de prestação de serviços da JE por dispositivos móveis.

Inovações para 2022

Entre as inovações do aplicativo implantadas pelo TSE para as eleições desse ano, estão a redução do impacto nos serviços em períodos de grande procura pelas eleitoras e eleitores e uma nova central de notificações. A versão contempla, ainda, melhoramentos relacionados à acessibilidade, inclusive com alteração das cores do aplicativo, garantindo melhor experiência para os usuários.

Outra novidade é a adaptação das telas e a mudança de cores para cumprir as melhores práticas de acessibilidade. Em especial, a mudança de cor da tela, que passou do verde para o azul para dar maior conforto às pessoas com algum tipo de deficiência visual, como o daltonismo. A versão apresenta, ainda, evolução na funcionalidade de notificações, que possibilita o registro histórico dos avisos recebidos pelo usuário.

Serviços

Além da consulta ao local da votação e da via digital do título, o aplicativo permite a apresentação de justificativa eleitoral, a emissão das certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais; o acesso e a emissão de guia para o pagamento de multas; e a inscrição como mesário voluntário, entre outras funcionalidades. Tudo isso sem a necessidade de ir pessoalmente ao cartório.

A Justiça Eleitoral recomenda que os eleitores baixem o aplicativo antecipadamente para evitar eventuais “filas virtuais” nos dias que antecedem a data da votação e que podem comprometer a qualidade da conexão em virtude da grande quantidade de acessos simultâneos.

Como baixar

Não perca tempo: o e-título pode ser baixado nas plataformas Android ou iOS e está disponível para download no Google Play e na App Store.

Para utilizá-lo, o eleitor deve inserir o número do título ou do CPF, nome, nome da mãe e do pai e data de nascimento e seguir os passos indicados. Com o aplicativo em mãos, a pessoa tem no celular ou tablet todos os dados eleitorais sempre seguros e disponíveis, diminuindo os riscos de extravios e danos ao título.

Leia Também