Tenente da PM é presa por abandono de posto ao lavar farda suja por menstruação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

No dia 28 de outubro, uma tenente da Polícia Militar do Ceará foi presa, por abandono de posto após tirar seu fardamento, que estava manchado por causa de menstruação, para lavar. Ela saiu à paisana do alojamento feminino do quartel em que estava para buscar seu almoço e foi questionada pelo superior, um tenente-coronel, por estar sem farda.

A tenente, que terá sua identidade preservada, foi levada pelo próprio superior à Coordenadoria de Polícia Judiciária Militar de Fortaleza e presa no mesmo dia. Em audiência de custódia, no dia seguinte, ela foi solta. 

Em nota, a Polícia Militar informou que o superior da tenente afirmou que “a policial foi flagrada saindo do quartel, sem uniforme e sem autorização superior, no horário em que deveria estar de serviço”. Segundo a corporação, ela afirmou que iria almoçar. A PM ainda disse que “não procede informação de que a mesma estaria lavando o fardamento, na ocasião”.

Leia Também