TCU investiga denúncias de assédio sexual contra ex-presidente da Caixa, Pedro Guimarães

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A representação do subprocurador Lucas Rocha Furtado, fez com que o Tribunal de Contas da União (TCU) recebece pedido do Ministério Público Federal (MPF) e abrir investigação sobre os casos de denúncias de assédio sexual contra Pedro Guimarães, ex-presidente da Caixa Econômica Federal.

Para o subprocurador, “quando praticado no âmbito da administração pública, o assédio gera a percepção, na sociedade, de que as instituições estatais não se pautam em valores morais”.

Por contas das denúncias, Pedro Gumarães pediu demissão do cargo na última quarta-feira (29) e negou todas as acusações. De acordo com o Metrópoles, um grupi de funcionárias de carreira, quebrou o silêncio e falaram o que sofriam dentro da instituição. As mulheres relatam toques íntimos não autorizados, abordagens inadequadas e convites heterodoxos.

Leia Também