Sessão virtual do Tribunal de Justiça é suspensa após homem aparecer sentado na privada

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um homem não identificado fez com que uma sessão virtual da 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), fosse suspensa por algumas horas, nesta quarta-feira (25). O motivo? Ele apareceu pelado, sentando na privada. Estavam presentes na sessão desembargadores, procuradores e advogadas.

Em nota, o tribunal esclarece que o rapaz não é “magistrado, procurador, advogado ou servidor do TJ”. Segundo a Corte, trata-se de uma das partes do processo, que “indevidamente se encontrava com a câmera aberta”.

“Com relação ao episódio ocorrido na tarde dessa quarta-feira (25/5), durante sessão de julgamento da 21ª Câmara Cível, em que uma pessoa aparece no banheiro com a câmera de vídeo ligada, cumpre esclarecer que não se trata de magistrado, procurador, advogado ou servidor do TJ. Trata-se de parte em processo cujo julgamento ainda não havia iniciado, mas que indevidamente se encontrava com a câmera aberta. A sessão foi suspensa e retomada após o imediato bloqueio. As providências cabíveis já estão sendo tomadas para apurar detalhadamente o ocorrido.”

Leia Também