Policial militar é preso ao encostar parte íntima em mulher durante compras, mas é liberado ao pagar R$ 12 mil de fiança

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
A importunação sexual foi flagrada pelas câmeras de segurança do estabelecimento comercial.

Um cabo da Polícia Militar (PM) da Paraíba, que não teve o nome divulgado, foi preso no Ceará por importunação sexual após encostar a parte íntima dele em uma mulher que fazia compras em um supermercado na cidade de Mauriti, no interior do estado.

O caso ocorreu na última sexta-feira (25), por volta das 18h, e foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento.

Nas imagens a vítima aparece fazendo compras na companhia de outra mulher. Elas observam itens em uma prateleira quando o policial, que estava à paisana, se aproxima e encosta em uma das mulheres, que se assusta com a atitude. Sem se desculpar ou tomar qualquer outra atitude, o policial vai embora do estabelecimento.

Em nota, a Polícia Militar do Ceará disse que uma equipe do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) foi informada sobre o caso envolvendo uma jovem de 19 anos, que teria sido vítima de importunação sexual.

Após a denúncia, os agentes realizaram buscas e localizaram o suspeito, que foi preso em frente a uma agência bancária. Ele foi levado para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo, onde foi autuado por importunação sexual, crime previsto no Código Penal e ao pagar fiança de R$ 12 mil, foi liberado.

Leia Também