Motorista com tumor no cérebro arrisca a vida pela BR-319 para fazer exame em Porto Velho

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Alex enfrentou muita lama, buracos e quase perdeu o carro atolado no barro, mas conseguiu chegar ao destino a tempo de fazer o exame no cérebro.

O mato-grossense Alex Dalazen, de 35 anos, arriscou sua própria vida ao viajar de Manaus para Porto Velho para buscar respostas para saber a gravidade do tumor de 4,7 cm que ele tem alojado na parte esquerda de seu cérebro. Com seu Fiat Mobi 2018, ele pegou estrada e enfrentou além muito chão, também muita lama, buracos e vários ‘perrengues’.

Alex tem três filhos e também é padrasto de um jovem de 20 anos, que também tem problemas de saúde. Morador de Apuí (AM), ele não pensou duas vezes ao literalmente ‘enfiar’ o carro na lama em busca de melhorias para sua saúde.

Durante o trajeto na rodovia BR-319, o mato-grossense teve a suspensão do carro presa no barro e preciso da ajuda de caminhoneiros para sair do perrengue, mas mesmo assim continuou atolado e foi somente com a chegada de um carro de terraplanagem que ele conseguiu sair do sufoco.

No trajeto, Alex viu várias placas informativas sobre a proibição de veículos com peso acima de 17 toneladas entre os meses se dezembro e maio, que são os mais chuvosos na região, no entanto, não fiscalização e o mais comum é ver veículos deste tipo na rodovia, o que prejudica ainda mais as condições da estrada.

Mas após três dias de muita lama e atoleiros, enfim Alex conseguiu chegar “à salvo” em Porto Velho e a tempo para fazer o exame de angiografia cerebral, que é um exame que avalia a anatomia e a circulação dos vasos sanguíneos do cérebro. O resultado comprovou a lesão de duas artérias cerebrais. Em janeiro Alex irá passar por cirurgia.

Leia Também