Matador confessa desejo de colocar vítima ‘num saquinho e comer os pedaços’

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O psicopata suspeito de estuprar e matar um menino de 10 anos em Maurilândia, Goiás, foi preso nesta segunda-feira (16) e confessou mais um crime bárbaro. Valteir Camargo da Silva, de 51 anos, confessou ter matado um homem de 48 anos na mesma região e disse que se pudesse “colocava num saquinho e comeria os pedaços”.

A prisão do suspeito ocorreu pela Polícia Militar do Mato Grosso, em parceria com a PM e Polícia Civil de Goiás. Valteir estava sendo monitorado desde sábado. Ele é o principal suspeito de ter estuprado e matado Vitor Henrique dos Santos, que tinha 10 anos de idade. O garoto foi encontrado morto três dias após o desaparecimento. No corpo dele havia sinais de facadas e de violência sexual. Com medo de ser estuprado na cadeia, ele negou ter estuprado a criança.

Já o outro crime, eles mes conta: “Eu fui esfaqueado. É vingança, eu fiz foi pra vingar. Se eu pudesse cortar e por num saquinho e comer os pedacinhos, eu comia. Porque ninguém sabe a dor que eu passei. Eu fui esfaqueado, sentindo o pedaço do meu dedo. Se eu pudesse comer pedacinho por pedacinho, eu comia um por um”, disse na entrevista.

Após a prisão, Valteir foi encaminhado a Delegacia da Polícia Civil de Pontes e Lacerda, no Mato Grosso. Ele deve passar por uma audiência de custódia com a Justiça e a expectativa é que ele seja transferido para Rio Verde ainda na terça-feira (17).

Leia Também